16 de jan de 2013

...

 

Ao sol...à chuva... ao vento...
Ainda resistem a primeira linha,
o primeiro verso
de uma poesia não escrita,
abandonada...esquecida...
As palavras apodrecem
Perderam a cor...o viço
A poesia envelhece...

regina ragazzi

6 comentários:

  1. Amiga Regina, acho que a poesia é semelhante às estações; envelhecem, se renovam...
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderExcluir
  2. Envelhecem ao passo que envelhecemos também. Dentro de nós será eterna.

    Lindo, Regina. bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá Regina, sinto que minha poesia passa pela entressafra dos versos e por vezes é como você disse muito bem!
    Parabéns!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Limerique

    Palavras e frases não são troféu
    Se não cuidadas vagam pelo léu
    Tratemo-las muito bem
    Senão elas não mais vêm
    Saem de repente, perdem-se no céu.

    ResponderExcluir
  5. Minha querida

    A poesia nunca envelhece, os sentimentos por vezes é que mudam e a poesia torna-se diferente...mas poesia sempre.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Mas ficaram os pregadores
    escrevendo um poema de cordel
    poema com versos
    pendurados sem rimas
    nem papéis

    mui belo

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...