28 de nov de 2012

Mórbida felicidade


 

 

Abriu-se a cova
e lá estava você
Não, era pó
Mas ainda havia o cordão
com o chinelinho pendurado
e pedaços de tecido
da sua camisa
Eu chorei,
de alegria
Mórbida felicidade
Mas era tudo que eu tinha
Depois de tanto tempo
poder rever-te
Queria ter guardado tudo
como lembrança,
mas não me deixaram
Foi tudo prá dentro de um saco
e levado não sei pra onde
Você e todos os teus sonhos

regina ragazzi

Um comentário:

  1. Limerique

    Era uma vez uma recordação
    Que suscitava intensa paixão
    Mas quis a sorte
    Que viesse a morte
    E tudo foi junto para o caixão.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...