30 de nov de 2012

Vítimas de guerra



 Era um amontoado
de restos humanos.
Corpos mutilados,
sobras do que tinham sido,
dias antes,
homens de bem,
cheios de ideais,
sonhadores...

Todos
barbaramente executados,
estraçalhados.
Os que ficaram
se tornaram  presas
de tormentos,
de pesadelos
que não se acabaram nunca.
Perderam sua dignidade,
sua alegria de viver.
Outros ficaram loucos.

Pobres mortais.
Alguns nem sabiam
o que estavam fazendo lá.

regina ragazzi

2 comentários:

  1. Limerique

    Não existe mal maior nesta terra
    Quando o homem a ideais se aferra
    Vai ao campo de batalha
    Um ao outro estraçalha
    E vidas acabam na maldita guerra.

    ResponderExcluir
  2. Querida, geralmente, os embatentes das guerra são inocentes úteis, são massas de manobras, que muitas vezes aderem à luta em face das lavagens cerebrais.
    Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...