1 de dez de 2012

Entardecendo


Ainda tão cedo
mudou-lhe os traços
Conservava  o cheiro
de flor fresca
Mas as pétalas
já lhe secavam
Mesmo com todo
o orvalho das manhãs

regina ragazzi

4 comentários:

  1. Há dias em que os orvalhos não são suficientes...
    Lindo poema.
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Era um limiar do evanescer
    Quando a noite está para nascer
    Poeta se extasia
    Com o fim do dia
    E tudo o mais que lhe dá prazer.

    ResponderExcluir
  3. Amiga Regina, já estou a te seguir. Bonito blog e parabéns!! Beijos.
    Suzana (www.sfersete.blogspot.com.br - VIVENDO A VIDA ASSIM...)

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...